Poesia

Poesia
Exibir:
Organizar por:

ESCOLA DAS FACAS E AUTO DO FRADE

A Alfaguara dá seqüência ao relançamento da obra completa de João Cabral de Melo Neto com o volume q..

Sem Estoque

ESCUTA

A morte é o principal tema de Escuta. É significativo que uma das seções do livro tenha por título M..

Sem Estoque

FERNANDO PESSOA - ANTOLOGIA POETICA

Em uma seleção que cobre quase 20 anos de produção poética de Fernando Pessoa e seus principais hete..

Sem Estoque

GUARDADOR DE AGUAS,O

Em "O guardador de águas", Manoel de Barros duplica-se e cede a palavra a outro personagem, o Bernar..

Sem Estoque

GUERRAMOR

O livro-poema Guerramor (selo Escrituras), do publicitário Pedro Galvão, conta com as belas ilustraç..

Sem Estoque

ILUSTRE POESIA EU ME CHAMO ANTONIO

"Para onde vão nossos silêncios quando deixamos de dizer o que sentimos?" Antônio é um personagem de..

Sem Estoque

INVENCAO DE ORFEU

"Invenção de Orfeu" (1952) é um dos grandes poemas da língua portuguesa e testamento literário de Jo..

Sem Estoque

JOQUEI

O escritor é alguém que presta atenção ao mundo, disse Susan Sontag. O poeta talvez seja alguém que,..

Sem Estoque

KABIR CEM POEMAS

A poesia mística raras vezes ergueu-se tão alto como nos versos de Kabir. Tecelão e iletrado, o gran..

Sem Estoque

LIVRO DAS SEMELHANCAS,O

Dividido em quatro seções, "O livro das semelhanças" desperta o leitor para o prazer iluminador e se..

Sem Estoque

LIVRO DE SORTES DO CUPIDO AMOROSO

O "Livro de Sortes do Cupido Amoroso", de Fábio Sombra, pretende resgatar uma tradição popular - ass..

Sem Estoque

LUSIADAS ,OS

Publicado em 1572, este marco do Classicismo de Portugal enaltece, em dez cantos, a coragem do povo ..

Sem Estoque

LUTA CORPORAL,A

Publicado em 1954, A luta corporal é o segundo livro de poemas de Ferreira Gullar. Foi com essa obra..

Sem Estoque

MACAU - EDICAO VESTIBULAR

Novidade neste Macau é o forte acento biológico de certos poemas. O livro se abre com "Biodiversidad..

Sem Estoque

MARINHEIRO,O

A Europa jaz, posta nos cotovelos: De Oriente a Ocidente jaz, fitando, E toldam-lhe românticos cabel..

Sem Estoque