PETER HANDKE PECAS FALADAS
Os conturbados anos de 1960 caracterizam-se por uma contestação aos mais arraigados princípios e valores da tradição ocidental. Em sua esteira, uma efetiva revolução não só comportamentl como social propagou-se por todo o seu âmbito, tendo como promotor e agente principal o jovem. A juventude recusava-se a aceitar os valores e as regras recebidos e a ela impostos. O que dizer, como agir, aonde ir, tornaram-se objeto da sua confrontação com o status quo, o que se traduziu de maneira visível tanto em procedimentos culturais e intelectuais, quanto nas formas desafiadoras do seu rock vestimental e capilar e nos atrevimentos de sua linguagem oral. Tal é o contexto em que ocorreram, e em que se expressaram - os primeiros textos teatrais do escritor, roteirista e encenador Peter Handke. As Sprechtucke, Peças Faladas, como ele as denominou, falam por si mesmo desse testemunho cênico. Ao editar Predição, Insulto ao Público, Autoacusação e Gritos de Socorro, em cuidadosa tradução e análise de Samir Signeu, a editora Perspectiva o faz para transmitir pela força da palavra e, se possivel, ao vivo da cena, a manifestação das figuras e do espírito dessa geração.

Escreva um comentário

Nota: O HTML não é traduzido!
    Ruim           Bom

PETER HANDKE PECAS FALADAS

  • Editora: PERSPECTIVA
  • Código: 9788527310307
  • Disponibilidade: Disponível
  • R$50,00

Produto indisponível no momento